“Ame o outro como a si mesmo”

Nos tempos modernos, coaches, mentores, psicólogos e psiquiatras estão com as agendas, escritório e clínicas cheias tentando ajudar clientes e pacientes encontrarem o amor próprio.  Pois se não amar a si mesmo, não amarás o outro.

CWIST é uma empresa fundada por Judeus.  Não é a intenção da CWIST induzir teologia ou práticas religiosas no mundo empresarial.

CWIST incorpora sim tradições com reflexões.

Num momento em que o Brasil passa pelo assalto moral político empresarial, refletimos nos costumes milenares em como trazer a essência moral mais perto de nosso dia a dia que também nos ajuda afastar o antissemitismo.

Hoje inicia a celebração de Lag BaOmer.

Rabino Akiva é conhecido como o Pai do Judaísmo Rabínico por ter convertido história oral em escrita.  Há muitas lendas que o cerca. Ele descreveu que o mandamento “Ame ou outro como ame a si mesmo” é um fundamento principal dos ensinamentos (torah).

Lag BaOmer é celebrado no dia em que cessou a doença (peste) que atacou os discípulos do Rabino Akiva como também é o dia do falecimento do Rabino Shimon Bar Yochai que passou 12 anos escondido numa gruta por ser perseguido pelos Romanos.  A história é longa, mas em Lag BaOmer, celebra o fim de doença e perseguição com fogueiras, comida e bebida, danças de roda e jogos com arco e flecha. Lag BaOmer celebra o fim de uma período ruim que dá espaço à coisas boas!

Quando será que Brasil terá razão para celebrar a “página virada”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *