MINDFUL Business em tempos do COVID-19

CWIST abraçou entusiasticamente o convite do MERKAZ em compartilhar conhecimento sobre Mindful Business.  

Esse artigo é longo. Simples porém difícil. 

A natureza é de relutar contra. A diferença é libertadora.

Lançamos uma trilha caseira durante o COVID-19 de Mindful Living em duas versões.

  1. KIDS: Essa versão é divertida, leve e útil para compartilhar com seus filhos e famílias. Confira em nossas redes: Youtube | Instagram | Facebook
  2. Pro: Essa versão traz os conceitos apresentados abaixo.
    Confira em nossas redes: Youtube | Instagram | Facebook

Mindfulness, mindset, mindful business, mindful living são termos relacionados aos princípios da conscientização de nossa própria consciência.  

A terminologia reflete um modo recém popularizado de viver e conviver, mas por trás da terminologia há uma ciência complexa, a neurociência. Junto à neurociência incorpora outras disciplinas diretamente correlacionadas como a nutrição, atividades físicas e o mundo lúdico.

Mindfulness é a descrição do “modus operandi” de colocar em primeiro plano o entendimento, por mais básico que seja, estar consciente de nossa consciência e de sua interligação entre corpo e alma.  

A Neurociência em um dos seus ramos de estudo busca responder:  Quais são os ativadores dos controles de nossas mentes e como tudo isso impacta diretamente em nosso bem estar e os resultados produzidos de nossas ações?    

Mindful Business é um passo além. Mindfulness é a conscientização individual. Eis, Mindful Business é a expansão da conscientização individual para o coletivo.  

Veja a definição popular:

mind·ful |  conscious or aware of something

/ˈmīn(d)fəl/ 

Português
1. atento
2. cuidadoso

O que é Mindfulness:

Traduzido em português como “Atenção Plena” ou “Consciência Plena”, o mindfulness se popularizou nas grandes empresas entre os funcionários que buscam um alívio para o estresse do dia a dia, além de ajudar a melhorar as suas capacidades mentais e, consequentemente, a produtividade no trabalho  (fonte:  significados.com.br)

Para aplicar mindfulness na vida e de sua forma expandida para Mindful Business, a primeira grande barreira que tem que ser superada é o Mindset.

Mindset, que pode ser traduzido por mentalidade ou programação mental, é o conjunto de pensamentos e crenças que existe dentro de nossa mente e que determina como nos sentimos e nos comportamos. O mindset é como sua mente está programada para pensar sobre determinado assunto  (Fonte:administradores.com.br )

Tem muito conteúdo excelente sobre Mindset. Para uma explanação mais detalhada, sugerimos  https://fia.com.br/blog/mindset/

E a Neurociência?  Como isso incorpora?

Vamos começar com um jogo. Mindfulness aplicado em Mindful Living, expandido para Mindful Business é tudo jargão para a conscientização da ligação entre corpo e mente. A Neurociência hoje comprova ação x reação de como nossa mente responde à inputs eis afetando nosso corpo como também como nosso corpo recebe inputs que disparam sinais para nossa mente.  O tema é tão complexo que nossa empresa CWIST trabalha com grandes experts das ciências de Neurologia, Nutrição e Educação Física para “conscientizar o que é a conscientização” – AWARENESS ON HOW TO BE AWARE! E uma vez consciente, como converter a prática de Mindful Business em resultados concretos.  Vamos fazer um joguinho aqui.  Iniciamos as etapas do processo por engenharia reversa.  Quando uma empresa nos aborda pela primeira vez buscando entender melhor nossa atuação, fazemos 3 rápidas dinâmicas. 

1. NAME YOUR ROI. Quando uma empresa tem por foco o ROI, ela perde o foco de sua essência.  Se a essência deixa de ser um tangível sentido na pele pela equipe, os indivíduos da equipe questionarão a razão por trás de ações que focam em ROI. 

A primeira pergunta que fazemos é “COMO VOCÊ DEFINE SEU ROI? “Invariavelmente, recebemos respostas com equações complexas. Em seguida passamos por uma dinâmica de perguntas e respostas rápidas. Fazemos a pergunta e esperamos que todos na mesa tem a resposta na ponta da língua. Replicamos algumas das perguntas aqui:

  • Tem funcionários afastados por doenças associados ao síndrome de estresse?
  • Você conhece as doenças associadas pelo síndrome de estresse?
  • Seu plano de saúde corporativo subiu por causa de doenças associadas ao síndrome do estresse??
  • Suas métricas para bater o ROI podem estar causando essas doenças?
  • Sua equipe consegue definir unanimemente como sua empresa calcula o ROI?
  • Sua equipe sabe definir como a sua empresa define o ROI?
  • Se a gente colocar as seguintes definições de ROI na mesa, quais serão os mais votados?
    • Refusal of Intimidation? 
    • Relevant Offer Instigate? 
    • Recupe of Illness? 
    • Revolving on Insight? 
    • Return of Intelligence? 
    • Return on Investment?

Se isso lhe interessou, após o COVID-19, voltaremos com nossos workshops: https://www.cwist.com.br/nucleocap/

2. Ancorada pela Inércia

Precisamos de mais dinheiro, precisamos de mais clientes.  O ciclo vicioso da estagnação. Porque precisa de mais clientes?   Mais clientes significa mais dinheiro? Mais dinheiro é sinônimo em ser mais lucrativo? 

O que impede de ter mais clientes? Não tem mais clientes porque não vende bem ou porque não entrega o suficiente?

Para quebrar o ciclo da inércia é preciso quebrar o ciclo do Mindset.  Enxergar o ciclo como parte de uma predisposição da mente é trazer MINDFUL BUSINESS para a mesa. 
Durante esse processo, através de ações lúdicas desenhadas para produzir resultados implementáveis que geram resultados e quebram o ciclo da inércia, conseguimos colocar em prática táticas de Mindfulness dentro do Mindful Business.  

Veja um pouco mais nos mapas iconográficos dos processos Semente e Broto acessando https://www.cwist.com.br/pacotes/semente/

Antes de chegar na última dinâmica, vamos introduzir 2 conceitos básicos.

O primeiro em Inglês  “I am what I eat. I eat what I am”, traduzido para “ Eu sou o que eu como e, como o que eu sou”   “Minha vida é uma porcaria, como porcaria. Minha vida é saudável, como saudável”. Qual alimenta qual?

No ciclo vicioso da inércia e estagnação, um variável tem que mudar.

É SIMPLES. Porém DIFÍCIL!

É simples comer saudavelmente, mas quando o mindset crava que sua vida é uma porcaria, para qual caminho a mente nos leva?  Para o caminho fácil.

O caminho fácil se torna uma teia de nós complexas e difíceis para desatar.

Mindfulness e seu elo com a neurociência, nutrição, atividade física e interações lúdicas faz com que precisamos entender o mínimo sobre nossos cérebros!

Mas, diferentemente do que citado acima, essa é SIMPLES E FÁCIL

Porque aprendemos usar os APPs do celular e não aprendemos usar os APPs do cérebro? Porque o APP do celular nos domina e os APPs da mente temos que dominar.

Ação x Reação. Inércia x Estagnação. Estar bem x Não estar bem. Com propósito x sem propósito. Faz sentido e tem essência x Não faz sentido e não tem essência.  Simples. Porém difícil.

3. A terceira dinâmica chamamos de STOP.  E COVID-19 nos colocou no STOP de vida. Muito oportuno!

Se é tão simples assim porque é tão difícil?

STOP, PARE. Reflita. Volte às origens. Revisite e realce sua essência gerando valores intangíveis empacotáveis sobre todo valor de sua essência.  Crie estratégias alinhadas com as pessoas. Alinhe as pessoas com a sua essência. Faça tudo fazer sentido, destaque o propósito que definirá seu ROI.

É difícil porque o Mindset, a predisposição das mentes coletivamente agrupadas não passaram ainda pelo processo de Mindfulness aplicado no Mindful Business.

Estagnou no COVID-19? A inércia, incerteza e medo te paralisaram. Pararam de investir no momento mais crítico.

STOP!  Mergulhe no Mindful Business.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *