O que você faria?

Recebi uma promoção via WhatsApp de uma agencia de viagem com uma promoção de passagens aéreas GRU-MIA-GRU a serem utilizadas (ide e volta) antes de 15/dez. Como sou de Los Angeles, liguei perguntando se tinha a mesma oferta GRU-LAX-GRU. Compra? Não compra? Ao retornar da quarentena vamos ter que voltar à vida normal. Mas, a minha dúvida é se a vida “normal’ vai retornar. Sabe aquela sensação que tudo mudou e o conhecido deixo de fazer parte? Se soltar uma campanha de passagens aéreas para LAX por US$ 125, pode ter certeza que vou comprar para a família, pois a minha necessidade de acreditar que vou poder pegar um avião, visitar meus pais e família, curtir passeios e descansar a cabeça é tão grande que estou disposto a arriscar a chance de não conseguir utilizá-la. A chance é real que após o fim da quarentena inicial haverá um “repique”, uma reincidência inibindo viagens seguras. Não sonho no retorno da vida como era, já que luto há anos de repensar o modelo de trabalho. Mas compraria sim a passagem para viajar mais pra frente, investigando toda a rota que essa nova viagem de vida nos apresentou. E você? Compraria ou não uma passagem de risco?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *